Psicodélico: Respiração Holotrópica, a terapia pós-psicodélica de Stan Grof

sábado, 25 de junho de 2011

Respiração Holotrópica, a terapia pós-psicodélica de Stan Grof


Respiração Holotrópica


Entre o final de maio e o final de junho acontecerá uma celebração muito especial ao redor do mundo. Trata-se da comemoração dos 80 anos de Stanislav Grof, o maior nome da ciência psicodélica. Se não soa familiar pra você, é com grande prazer que introduzimos este que é provavelmente o mais avançado nome na psicologia mundial e um dos maiores pensadores vivos. Nascido em 1931 na cidade de Praga, Grof é um dos criadores da psicologia transpessoal, e trabalhou por 17 anos com psicoterapia com LSD, na antiga Tchecoslováquia, onde nasceu, e nos EUA, antes da proibição no fim dos anos 60, que vigora até hoje.

Grof conduziu mais de 2000 sessões em contextos clínicos responsáveis e controlados, e obteve acesso a dados detalhados de mais tantas outras sessões conduzidas por seus colegas. Escreveu e publicou cerca de vinte livros e centenas de artigos científicos. A cartografia da mente humana que emergiu desse extenso, árduo e inovador trabalho conduzido junto com sua mulher, Christina Grof, expande imensamente o modelo psicológico proposto por Freud, e integra as diversas escolas do pensamento psicológico ocidental que vieram depois, como Reich, Rank e Jung, entre outros.

O trabalho de Grof integra também os insights das tradições místicas e espirituais do oriente, e abrange não apenas o já bem conhecido domínio autobiográfico, mas também os domínios psicológicos perinatais e transpessoais. Finalmente, essa pesquisa culminou no desenvolvimento e estabelecimento de uma técnica de terapia e autoexploração largamente testada e validade nos últimos 30 anos, hoje conhecida como Respiração Holotrópica. Segundo Grof, o termo holotrópico vem do grego holos (“todo”) e trepein (“mover-se em direção a”) - resultando em “mover-se em direção à totalidade”. Esse modo não usual de consciência, que pode ser experimentado por rituais xamânicos (com ou sem substâncias alteradoras de consciência), práticas espirituais milenares ou até mesmo de forma espontânea, abre possibilidades surpreendentes de cura e transformação.

Assim, a Respiração Holotrópica fornece uma maneira segura, sistemática e confiável de se explorar os confins da psique e permitir a resolução de conflitos muitas vezes inacessíveis pelas terpaias convencionais. Ao entrar em estados incomuns de consciência, cada indivíduo ativa seu processo interior e natural de cura, que o leva a experiências únicas em cada sessão. Na Respiração Holotrópica, os participantes têm acesso a todos os níveis do inconsciente e relatam experiências profundas, como o reviver de lembranças da infância, do nascimento, da vida pré-natal, e até mesmo de elementos históricos e arquetípicos do inconsciente coletivo. O reviver de conteúdos dessas dimensões da psique proporciona a cura de distúrbios emocionais, psicossomáticos e mesmo físicos. Realizado em grupo, com apoio constante, compartilhamento de experiências e arteterapia, o trabalho de respiração holotrópica abre inúmeras portas para a transformação do indivíduo e da sociedade.

Deep BreathNo dia 09 de Junho, o Plantando Consciência, em parceria com a Editora Numina e a Livraria da Vila, lançarão em São Paulo a tradução do livro mais recente de Stan e Christina: "Respiração Holotrópica - Uma nova abordagem de autoexploração e terapia". O evento marca também o lançamento do selo Numina, dedicado a livros que abordam o tema da consciência, psicologia transpessoal e áreas afins, mais que bem vindo nesses tempos de transformação e florescimento da consciência.

No evento, teremos o prazer de assitir a uma palestra de Álvaro Jardim, psicólogo de Goiânia que lidera a prática de Respiração Holotrópica no país. Álvaro e sua esposa, Dora Jardim, colaboram com o casal Grof há muitos anos. Álvaro já lecionou sobre psicologia transpessoal na PUC de Goiânia, escreveu o prefácio da edição brasileira do livro e atualmente é o coordenador, no Brasil, do "Grof Transpersonal Training", a rede articulada de pesquisadores, psicólogos e terapeutas que viabilizam a formação em Respiração Holotrópica, em vários países.

O lançamento do livro no Brasil faz parte também de uma celebração mundial pela Respiração Holotrópica, pelo trabalho dos Grof e pela transformação da consciência. Entre 24 de maio e 28 de junho acontecerá uma série de teleseminários virtuais, com a presença de Stan e Christina, Tav Sparks, Richard Tarnas, Jack Kornfield, David Lukoff, Michael Harner, Angeles Arrien, entre outros.

O Plantando Consciência apóia esta iniciativa da Wisdom University, e se você quiser se inscrever nos seminários, por favor siga pelo nosso LINK exclusivo pois, para cada inscrito por este link, uma doação será feita pela Wisdom University para apoiar nosso trabalho no Brasil. Para aqueles que não puderem comparecer no lançamento e quiserem adquirir uma cópia do livro, pode comprar conosco através do email plantando@plantandoconsciencia.org.

O mês de celebrações culminará no dia 11 de junho, com um evento mundial de respiração holotrópica sincronizada e transmitida virtualmente. Em São Paulo, será coordenado por Álvaro Jardim no Espaço Natureza Arco-Íris (na rodovia Raposo Tavares, bem próximo da capital). Inscrições para a respiração do dia 11 podem ser feitas em www.aljardim.com.

Holotropic Teleseries

SERVIÇO:

Respiração Holotrópica - Uma nova abordagem de autoexploração e terapia (Stan e Christina Grof) – Lançamento oficial do livro e palestra com Álvaro Jardim.
Editora Numina

dia 09 (quinta) - das 18h30 1as 21h30h

Livraria da Vila
Rua Fradique Coutinho, 915 - Vila Madalena | Veja mapa.
Tel.: (11) 3814-5811

ENTRADA GRATUITA

____________________________

Oficina de Respiração Holotrópica, no Dia Global da Respiração Holotrópica (e comemoração aos 80 anos de Stan Grof e 70 anos de Christina Grof), com Álvaro Jardim e Dora Jardim

Dia 11 (sábado)

aljardim.com

ENAI - Espaço Natureza Arco-Íris
São Paulo, SP, BRASIL
Contato: Mayara - Fones: (62) 3941.4246/ 3941.3736 / 8111.2939
E-mail: mvjardim@gmail.com

Um comentário:

Jorge IH disse...

Acho que há um erro enorme quando se afirma que o trabalho de Grof integra as diversas escolas do pensamento psicológico ocidental que vieram depois, como Reich, Rank e Jung, entre outros. Grof NASCEU em 1931, quando o trabalho de Freud e Reich já estava maduro há muito tempo! Na melhor das hipóteses ele integra o trabalho que veio ANTES.