Psicodélico: Carta de Albert Hofmann a Steve Jobs

sábado, 12 de setembro de 2009

Carta de Albert Hofmann a Steve Jobs


Uma carta inédita que o descobridor do LSD - Albert Hofmann – escreveu pouco depois do seu 101º aniversário ao diretor geral da Apple, Steve Jobs, pedindo apoio para a pesquisa do LSD, foi publicada no novo livro ‘"This Is Your Country On Drugs: The Secret History of Getting High in America”, de Ryan Grimm (ainda não traduzido para português).


Steve Jobs nunca fez segredo do seu uso de LSD, e em entrevistas chamou-lhe “uma das duas ou três coisas mais importantes que fiz na vida”.


Caro senhor Steve Jobs,

Olá de Albert Hofmann. Compreendo pelas notícias que li nos média que é sua consideração que o LSD o ajudou em termos criativos no desenvolvimento dos computadores da Apple, e no seu percurso espiritual privado. Estou interessado em descobrir mais sobre a utilidade que o LSD teve para si.


Escrevo-lhe agora, pouco após o meu 101º aniversário, para pedir-lhe que apoie o estudo proposto pelo psiquiatra suíço Peter Gasser sobre a psicoterapia assistida com LSD em pacientes com ansiedade associada a doenças potencialmente fatais. Este será o primeiro estudo sobre a psicoterapia assistida com LSD em mais de 35 anos.


Espero que nos ajude na transformação da minha criança problema numa criança prodígio.


Atenciosamente, A. Hofmann


Segundo o livro, o donativo que Hofmann pediu foi recusado por Jobs. Algo que não será surpresa para muitos, pois Jobs não é propriamente conhecido pela sua generosidade.


Lê o artigo integral (em inglês) aqui.